fbpx

Qual o tratamento mais indicado para olheiras?

29 de abril de 2022
Qual o tratamento mais indicado para olheiras?

 As temidas olheiras são um problema que afeta grande parte da população, pois não estão associadas apenas ao cansaço ou estresse, além de se manifestarem em mulheres e homens de todas as idades.

 As olheiras, também conhecidas como hiperpigmentação periorbital, são a aparência criada pela concentração de vasos sanguíneos abaixo dos olhos, resultando em um tom escurecido nesta região – como consequência, acabam deixando a aparência envelhecida.

 Há vários tipos de olheiras e nem todas estão relacionadas à falta de sono ou de bem-estar, há outros fatores  como genética, pigmentação da pele, problemas circulatórios e alergias também podem estar envolvidos na formação de olheiras sob os olhos.

Causas

 Na maioria das vezes, a genética é a principal causa por trás de suas olheiras. Se você tem esta predisposição, vários fatores podem agravar a condição, como por exemplo: 

  • Pigmentação desordenada (concentração de melanina, o pigmento responsável pela coloração da pele, é maior do que o normal);
  • Inflamação ou alergia (os vasos sanguíneos se dilatam e acabam com um tom azulado sob a pele);
  • Pele fina e translúcida (onde há pouco depósito de gordura torna a camada  da pele mais fina e seca, consequente mais visível será a olheira);
  • Excesso de exposição solar;
  • Fadiga e estresse.

 

Tipos de olheiras e tratamentos

 Há vários tipos de olheiras e com causas diferentes. Portanto, saber exatamente qual é a sua pode fazer toda a diferença no tratamento.

 

Olheiras pigmentar ou melânicas

 Os círculos escuros conhecidos como pigmentares têm uma impressão acastanhada, pois são adquiridos pelo acúmulo melanina na região dos olhos. Adquirida por fatores hormonais e pela exposição solar, mas pode ser tratada com: peelings e agentes clareadores, esses procedimentos ajudam a minimizar o aspecto escuro causado pela pigmentação.

 

Vasculares ou sanguíneas

 São conhecidas como olheiras cansadas e são marcadas pela má circulação na região, devido à pele ser muito fina e clara. Sua coloração normalmente é azul devido aos líquidos (edema) e acúmulo de hemoglobina na região dos olhos.

 Para minimizar este tipo de olheiras, recorre-se ao tratamento de carboxiterapia. Este procedimento estimula a circulação sanguínea e aumenta a espessura da pele, deixando-a mais oxigenada. 

 

Profundas ou estruturais

 O aspecto profundo é causado devido a uma estrutura óssea maior que o globo ocular. Consequentemente, cria-se uma certa irregularidade perceptível na pele, que em alguns casos pode ser muito profunda e causando a ilusão de sombra.

 Este tipo de olheiras pode ser corrigido satisfatoriamente com: preenchimento com ácido hialurônico pois ajuda a hidratar a região e melhorar o aspecto de profundidade da área e fios de sustentação de polidioxanona (PDO) – tipo parafuso, promove um suave efeito preenchedor e estimula a produção de colágeno.

 

Flácidas

 Este tipo é normalmente encontrado em peles maduras. A flacidez da pálpebra dá a impressão de que os olhos são mais profundos e dá a sensação de que a área dos olhos é mais escura.

 Para este tipo de olheiras, indicamos a colocação de fios de sustentação de polidioxanona (PDO) – tipo lisos, para melhorar a qualidade da pele com altíssimo poder de estímulo à produção de colágeno.

 

Mistas

 Normalmente, a formação de olheiras se dá devido a alguns fatores e não somente a um caso isolado. Todos os itens acima podem aparecer mesclados e na maioria dos casos apresentam um componente estrutural e pigmentar e/ou componente vascular.

 Gostou de nossas dicas? Para mais informações, entre em contato conosco e agende sua avaliação gratuita na Royal Face!


Selo de franquias

franquias
mais próximas

A Royal Face conta com dezenas de clínicas de estéticas franqueadas em todo o Brasil.

Círculo cores

avaliação gratuita

Carnê da beleza em até 24 vezes no boleto.

Depoimentos