Flacidez no rosto? Conheça alguns métodos que vão te ajudar!

Saiba como melhorar a flacidez no rosto

A princípio, a flacidez no rosto é uma das principais características do envelhecimento e também uma das que mais incomodam as pessoas, principalmente o público feminino.

No entanto, existem diversos procedimentos estéticos minimamente invasivos e super eficazes para prevenir e tratar a flacidez cutânea.

Quer conhecer quais são esses tratamentos?

Portanto, continue a leitura deste artigo e confira as dicas que a Royal Face separou para te ajudar no combate à flacidez no rosto.

Boa leitura! 

Antes, entenda melhor sobre a flacidez
Antes, entenda melhor sobre a flacidez

Antes, entenda mais sobre a flacidez

A flacidez, que acomete diversas partes do corpo, inclusive a face, é a perda de elasticidade e firmeza da pele, resultando em uma aparência flácida, caída e envelhecida.

Ela ocorre devido a vários fatores, incluindo o envelhecimento natural da pele, diminuição da produção de colágeno e elastina, perda de gordura facial, exposição ao sol, fatores genéticos, hábitos de vida pouco saudáveis (como tabagismo e dieta inadequada) e outros fatores ambientais e hormonais.

Então, com o tempo, a flacidez facial pode afetar a aparência da pele, causando rugas, sulcos e perda de definição facial.

Tratamento estético para flacidez no rosto

Agora, existem várias opções de tratamentos estéticos no mercado que podem ajudar a melhorar a flacidez facial.

Entretanto, para saber qual é o mais adequado para o seu caso, primeiro será preciso passar por uma avaliação profissional.

Logo, será nesta primeira etapa que o responsável técnico irá fazer uma análise da sua pele, como também terá conhecimento sobre seu histórico médico, hábitos diários, entre outros pontos relevantes.

Aqui na Royal Face oferecemos alguns procedimentos minimamente invasivos que melhoram significativamente a flacidez no rosto, a exemplo dos bioestimuladores de colágeno, toxina botulínica, preenchedores, radiofrequência, entre outras técnicas.

Nesse ínterim, para saber qual é o mais adequado para tratar a situação da sua pele, só com uma análise profissional.

Radiofrequência no tratamento da flacidez facial

Frequentemente, quando falamos dos procedimentos disponíveis aqui na clínica para tratar a flacidez no rosto aos nossos pacientes, muitos nos questionam sobre a radiofrequência.

Querem saber o que é este tratamento, como ele funciona e se pode realizá-lo.

Agora, vamos te explicar um pouco mais sobre a Radiofrequência para tratar a flacidez no rosto. Confira! 

O que é a Radiofrequência Facial?

Antes de mais nada, entenda que este é um tratamento que usa energia de radiofrequência para aquecer as camadas mais profundas da pele, estimulando a produção de colágeno e elastina, o que pode ajudar a melhorar a flacidez facial. 

Como ocorre este procedimento

Logo, durante a sessão de radiofrequência, um gel condutor é aplicado na pele limpa do rosto.

Em seguida, um dispositivo de radiofrequência é movido suavemente sobre a pele, emitindo a energia de radiofrequência.

Logo depois, o aquecimento controlado estimula as camadas profundas da pele, ativando a produção de colágeno e elastina.

O procedimento é indolor, embora possa haver uma sensação de calor na pele.

Trate sua flacidez facial
Trate sua flacidez facial

Quem pode realizar a radiofrequência no rosto

A radiofrequência pode ser benéfica para pessoas que apresentam sinais leves a moderados de envelhecimento facial, como flacidez na região do queixo, mandíbula, bochechas, testa ou pescoço.

Quem não pode realizar este procedimento

Apesar de ser uma técnica segura e indolor, a radiofrequência não é adequada para algumas pessoas, como:

  • Quem tem implantes metálicos na área a ser tratada;
  • Mulheres grávidas;
  • Pessoas com doenças de pele ativas;
  • Quem possui rosácea;
  • Com histórico de quelóides;
  • Em tratamento de câncer.

Contudo, é importante discutir seu histórico médico completo com o profissional antes de realizar o procedimento.

Cuidados após a sessão

O pós da sessão de radiofrequência é bem tranquilo, basta seguir as recomendações do profissional que realizou o procedimento na sua face.

Alguns pedidos gerais que o profissional solicita que o paciente tenha são:

  • Não expor a pele tratada diretamente ao sol por pelo menos 48h;
  • Fazer o uso de cremes ou loções específicas;
  • Usar filtro solar todos os dias;
  • Manter a pele hidratada;
  • Evitar a aplicação de maquiagem ou produtos irritantes na pele tratada por pelo menos 24h
Quantidade de sessões para melhorar a flacidez no rosto
Quantidade de sessões para melhorar a flacidez no rosto

Quantas sessões são necessárias para melhorar a flacidez no rosto

O número de sessões de radiofrequência necessárias pode variar dependendo do estado da pele e das metas de tratamento desejadas.

Geralmente, são recomendadas de cinco a 10 sessões, espaçadas em intervalos de semanas a meses, para obter resultados significativos.

O profissional que irá te atender aqui na clínica dirá com mais precisão o número necessário de sessões para que seja possível obter um resultado satisfatório com base nas suas necessidades individuais.

Contudo, é importante ter expectativas realistas em relação aos resultados da radiofrequência.

Afinal, os resultados podem variar de pessoa para pessoa, e é possível que sejam necessárias sessões de manutenção para preservar os resultados obtidos.

Radiofrequência é na Royal Face

Então, agora que você já sabe que aqui na clínica é possível tratar a flacidez facial de forma segura e sem dor, que tal agendar um horário?

Disponibilizamos uma avaliação gratuita para que você possa conversar com um de nossos profissionais.

Por fim, após uma análise profunda da sua pele e um bom bate-papo sobre a sua saúde e histórico clínico, será possível montar um protocolo de tratamento ideal para elevar a sua autoestima e promover o seu bem-estar.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

logotipo royal face